quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Manoel de Oliveira


Aqui divulgamos os nove filmes, em VHS, que a biblioteca possui e que todos os leitores podem requisitar ou visionar na própria biblioteca ou no auditório.
<============>

Manoel de Oliveira



quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Dia dos Direitos Humanos


No 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Escola leva a cabo uma série de iniciativas à volta deste tema.
Para divulgar as actividades desenvolvidas, criou-se um blogue. Basta clicar na imagem.
________________________________

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Cubismo



Hoje publicamos uma exposição feita por nós sobre os 100 anos do Cubismo.
Trata-se de um pretexto para assinalarmos a revolução que, há mais ou menos 100 anos, percorreu o campo das artes e das ideias, levando ao Modernismo.

Colocámos, no lado esquerdo deste blogue, um slideshow com a exposição completa. Se clicar sobre a imagem acima reproduzida será remetido para as mesmas figuras.

domingo, 26 de outubro de 2008

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Browser para crianças autistas




Zac Browser

Browser para crianças autistas gratuito.

Windows


O navegador web elimina todo o tipo de conteúdos relacionados comviolência, pornografia ou publicidade, além de eliminar funções«inúteis» como o clique do botão direito do rato. Desta forma,evita-se a perda do sentimento de confiança gerado pela realização detarefas improdutivas. Com esta ferramenta, as crianças podem interagir com jogos e actividades especificas para jovens com características autistas, como dificuldades de interacção e comunicação e interesses reduzidos.
Informação recebida de Paulo Izidoro - Albufeira
____

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Ricardo Reis 


Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.

Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive



Ricardo Reis

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Rede de Bibliotecas da Mealhada

No dia 9 de Setembro, Quinta-feira, foi constituído formalmente o Grupo de Trabalho Concelhio da Rede de Bibliotecas de Mealhada, através da assinatura do regulamento que normaliza o seu funcionamento.
Esta rede insere-se no âmbito da criação de parcerias que visam consolidar dinâmicas de trabalho colaborativo ao nível da organização, gestão e disponibilização de recursos documentais, e promover dinâmicas na área das literacias.


O Grupo de Trabalho Concelhio da Rede de Bibliotecas de Mealhada – Bibliotecas Escolares e Municipal do concelho de Mealhada, é constituído pelos Coordenadores das Bibliotecas Escolares dos dois Agrupamentos de Escolas e da Escola Secundária/3, pelos representantes dos respectivos órgãos de gestão, pelo Director Pedagógico da Escola Profissional e pelo representante da Câmara Municipal de Mealhada, na área da Cultura e Educação e responsável da Biblioteca Municipal – Coordenador do Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares (S.A.B.E.).

O Grupo de Trabalho tem os seguintes objectivos:

  1. Criar e dar continuidade à organização e gestão de projectos de intervenção e cooperação na área das Bibliotecas;
  2. Desenvolver nas escolas, em colaboração com a Biblioteca Municipal de Mealhada, actividades de formação e autoformação nos domínios da biblioteconomia, animação, dinamização e promoção das literacias, nomeadamente da leitura e da informação;
  3. Sensibilizar as diferentes estruturas de articulação curricular dos agrupamentos/Escolas não agrupadas, as diferentes instâncias do Ministério da Educação e a Câmara Municipal de Mealhada para a importância das Bibliotecas no processo de educação e formação para a cidadania;
  4. Promover e estreitar a ligação entre os responsáveis da comunidade educativa local, a Câmara Municipal, a Biblioteca Municipal e/ou outros parceiros tidos por convenientes na prossecução dos objectivos do Grupo de Trabalho;
  5. Fomentar a ligação inter-escolas dos vários graus de ensino e potencializar recursos através de uma partilha e cooperação efectivas;
  6. Fomentar o desenvolvimento de uma política coordenada de aquisições, a compatibilização e a troca de informação bibliográfica e a dinamização do empréstimo interbibliotecas, assente na observância de princípios técnicos (biblioteconómicos e informáticos) uniformizados.
  7. Desenvolver um Catálogo Colectivo on-line das Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos/Escolas não agrupadas do concelho e Biblioteca Municipal.
  8. Promover a troca de experiências, entre os seus membros, no âmbito da organização, gestão, animação e dinamização das Bibliotecas da rede Concelhia;
  9. Difundir as experiências realizadas, de modo a alargar a Rede de Bibliotecas de Mealhada e melhorar o seu desempenho;
  10. Divulgar as actividades do Grupo de Trabalho Concelhio, através da participação em Encontros, Seminários, Acções de Formação, Publicações, Página de Internet/ Blogue.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Machado de Assis






No centenário da morte de Machado de Assis, convidamos os leitores a visitarem endereços electrónicos onde poderão importar ficheiros com a obra do autor.













sexta-feira, 13 de junho de 2008

Fernando Pessoa - 120 anos




APONTAMENTOS ÍNTIMOS


Não sei quem sou, que alma tenho.
Quando falo com sinceridade não sei com que sinceridade falo. Sou variamente outro do que um eu que não sei se existe (se é esses outros).
Sinto crenças que não tenho. Enlevam-me ânsias que repudio. A minha perpétua atenção sobre mim perpetuamente me aponta traições de alma a um carácter que talvez eu não tenha, nem ela julga que eu tenho.
Sinto-me múltiplo. Sou como um quarto com inúmeros espelhos fantásticos que torcem para reflexões falsas uma única anterior realidade que não está em nenhuma e está em todas.
Como o panteísta se sente árvore e até flor, eu sinto-me vários seres. Sinto-me viver vidas alheias, em mim, incompletamente, como se o meu ser participasse de todos os homens, incompletamente de cada, por uma suma de não-eus sintetizados num eu postiço.

*

Sendo nós portugueses, convém saber o que é que somos.
a) adaptabilidade, que no mental dá a instabilidade, e portanto a diversificação do indivíduo dentro de si mesmo. O bom português é várias pessoas.
b) a predominância da emoção sobre a paixão. Somos ternos e pouco intensos, ao contrário dos espanhóis – nossos absolutos contrários –, que são apaixonados e frios.
Nunca me sinto tão portuguesmente eu como quando me sinto diferente de mim – Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos, Fernando Pessoa, e quanto mais haja havidos ou por haver.



######

Fernando Pessoa - 120 anos





Aqui está-se sossegado,
Longe do mundo e da vida,
Cheio de não ter passado,
Até o futuro se olvida.
Aqui está-se sossegado.

Tinha os gestos inocentes,
Seus olhos riam no fundo.
Mas invisíveis serpentes
Faziam-na ser do mundo.
Tinha os gestos inocentes.

Aqui tudo é paz e mar.
Que longe a vista se perde
Na solidão a tornar
Em sombra, o azul que é verde!
Aqui tudo é paz e mar.

Sim, poderia ter sido...
Mas vontade nem razão
O mundo têm conduzido
A prazer ou conclusão.
Sim, poderia ter sido...

Agora não esqueço e sonho.
Fecho os olhos, oiço o mar
E de ouvi-lo bem, suponho
Que vejo azul a esverdear.
Agora não esqueço e sonho.

Não foi propósito, não.
Os seus gestos inocentes
Tocavam no coração
Como invisíveis serpentes.
Não foi propósito, não.

Durmo, desperto e sozinho.
Que tem sido a minha vida?
Velas de inútil moinho –
Um movimento sem lida...
Durmo, desperto e sozinho.

Nada explica nem consola.
Tudo está certo depois.
Mas a dor que nos desola,
A mágoa de um não ser dois –
Nada explica nem consola.


29/03/1929



#######

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Quarto centenário do nascimento do Padre António Vieira


Continuamos envolvidos neste projecto da comemoração do Quarto Centenário.
Na biblioteca está patente uma exposição, que irá sendo enriquecida com contributos ao longo deste mês de Fevereiro.
Destacamos os trabalhos dos alunos do 11º ano, publicados já no Blogue que criámos para o efeito.
Também gostaríamos de chamar a atenção para a exposição de livros antigos, alguns quase contemporâneos dos primeiros livros publicados por Vieira.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Quarto centenário do nascimento do Padre António Vieira




A Escola Secundária da Mealhada, através da participação de alunos, professores e da equipa da biblioteca, está a contribui com a edição deste blogue para a comemoração do quadricentenário do nascimento do Padre António Vieira.
Aqui serão publicados os diversos trabalhos efectuados neste âmbito e que julgamos merecedores de divulgação.